Nesta entrevista, a engenheira ambiental diz como ser mais sustentável é também um processo de autoconhecimento – e que não precisamos ter vergonha de comportamentos que ainda poderemos mudar
Vivemos em um mundo dual, onde narrativas de fim de mundo revelam nossa incapacidade de sair de uma lógica racional e um mode...