Ritual de Lua Nova em Gêmeos: Tempo de Revisão e Transformação

Com diversos planetas retrógrados, essa lunação nos convida a olhar para nossos padrões e a transformar a intenção em ação
6 minutos de leitura
09.06.2021

Senhores passageiros, apertem os cintos pois esta lunação tem o maior trânsito de planeta do ano em retrogradação (além de outros movimentos importantes) – e isso significa que toda a revisão que começamos a fazer na lunação passada agora fica 2.0. Se a lunação passada foi de revisão, essa que chega é de transformação. Muita energia de movimento e de muitos inícios, ela vai mexer em nós como indivíduos mas, principalmente, ela vai mexer no externo, no coletivo. 

Já estamos com Mercúrio, Saturno e Plutão retrógrados e agora juntam-se a ele também Júpiter e Netuno. Ouch! Lembrando que retrogradação é igual a revisão. Ou seja, o céu claramente nos convida a rever, rever e rever!  E para não deixar ninguém com nenhuma dúvida, a lunação começa logo com um eclipse solar, que significa o que? Revisão do futuro. Há! 

Na entrada da Lua Nova em Gêmeos (10/6), o eclipse nos convida a rever os planos futuros, o que queremos colocar no mundo e revistar o hoje que cria o futuro dentro de nós. No signo mais comunicativo e conector do Zodíaco, o aspecto de revisão da lua nova é sobre as nossas ideias e, principalmente, sobre a capacidade de mudar dentro o que queremos ver transformado fora. 

A pergunta aqui é: eu consigo mudar dentro de mim o que estou pedindo para que seja mudado do lado de fora? Ou eu só consigo reivindicar?

Lua Crescente em Virgem: cuidar e organizar

As novas ideias e assuntos crescem com a lua até Virgem, onde é hora de cuidar e organizar o que brotou e que faz sentido semear. O convite aqui é perceber qual é o cuidado e o autocuidado que precisamos ter com todos e cada um desses tantos e múltiplos projetos e relacionamentos. 

Nesse contexto, Júpiter, o expansor, entra em retrogradação e, dentre as muitas coisas que ele rege, uma aparece em especial nesse contexto: a revisão do crescimento dos nossos projetos de longo prazo… Aqui, coisas serão revistas e pedem atenção em especial aos nossos ganhos e gastos. Esse movimento com a lua em Virgem traz pé no chão para tudo isso. 

A pergunta é: o que é importante para você? Você consegue cuidar desses aspectos importantes no seu dia a dia? Virgem ajuda a observar isso e a entender o que de fato é relevante e o que não é… E, a partir dessa compreensão, deixar ir o que já pode ir.

Lua cheia em Capricórnio: consolidação

O ápice da nossa lunação acontece em Capricórnio, o signo terra mais terra firme do zodíaco. Se começamos tendo novas ideias e vamos organizar em Virgem, agora é hora de consolidar, dar estrutura e levar para a matéria (estrutura) e para o corpo tudo que estamos revendo! 

Junta-se a isso a entrada de Netuno retrógrado, o que traz revisões em nossos aspectos de espiritualidade e compaixão no coletivo.

Na prática, o que isso significa?  É preciso estar inteiro no corpo (nossa terra firme e estrutural) com nossas verdades (revistas e organizadas) para poder doar para o coletivo aquilo que transborda da sua inteireza. Se não há isso, o que damos é algo que não temos e isso nos leva a cobrar do outro o que demos, pois demos o que não tínhamos. 

A pergunta da lua cheia é: o que eu de fato preciso em termos de corpo e estrutura para adentrar esse novo momento espiritual do mundo? O que eu tenho e o que me falta para poder contribuir nesse coletivo?

Lua minguante em Áries: vazão para a mudança

E, por fim, a lua mingua em Áries para ninguém ter descanso e se acomodar. A lunação ainda não acabou e Áries vem com seu fogo colocando em ação e pedindo vazão para tudo isso que mudamos e consolidamos internamente. Vamos minguar agindo com o nosso novo eu.  Ufa… que ciclo!

Ritual de Lua Nova em Gêmeos

Nosso ritual para este ciclo é simples, já que de complexo já basta tudo isso que vai acontecer no céu. E ele se repete a cada mudança de lua para nos trazer limpeza, alegria e nutrição.

Você vai precisar de:

  • Um vasinho de alecrim (ou ervas frescas suficientes para os 4 cicloss da lua) 
  • 4 velas: uma para cada virada da lua
  • Papel 
  • Lápis
  • Intenção firme 
  • Boa vontade

Como fazer o ritual de lua nova em gêmeos

O ritual será um banho de alecrim a cada virada de lua mais uma vela de intenção por lua. O processo será sempre o mesmo.

1. Em 2 litros de água, coloque alguns ramos de alecrim fresco para ferver. Deixe abafar e amornar enquanto você separa um tempo para você e se conecta com que é Divino dentro de ti. Com muita firmeza e amor, acenda a vela e peça para que “dentro da justiça e da ordem divina, que você possa deixar ir neste ciclo da lua tudo que não pertence mais ao que seu ser veio ser.”

2. Sinta a potência e a firmeza da sua intenção. Tomem uns minutinhos para você, respire e escute uma música já começando a sentir a transformação acontecer. 

3. Quando estiver pronta, pegue seu banho, coe o alecrim e, depois do seu banho de  higiene, jogue o banho preparado do pescoço para baixo. Procure não se secar com a toalha; espere secar o mais naturalmente possível pedindo ao alecrim que te lave e leve o que não te pertence mais. 

4. Respire… Sinta…

Na próxima virada de lua, você fará a mesma coisa. E assim sucessivamente, até a lua minguar. Com a força de limpeza dessa erva e sua alegria e potência solar, vamos nos ancorar e fazer a passagem por este lindo portal!

Leia também