Ritual de Lua Nova em Peixes (13/3): Momento de Resgatar a Fé

Esta lunação nos convida a acreditar que o que nos acontece, vem para o nosso melhor. Ritualizamos a entrada da Lua Nova com um amuleto que nos traga confiança no por vir
6 minutos de leitura
10.03.2021


A próxima lunação, que chega com a lua nova em peixes (13/3), acontece em partes dentro do ano novo astrológico. Antes de entrar nela, vamos relembrar rapidinho de onde estamos vindo para compreendermos melhor para onde vamos em uma nova dança deste ciclo lunar. 

A lunação passada nos levou a um vôo pelos ares de Aquário e Gêmeos que foram até a terra de Virgem nos ancorar na matéria o melhor (dentro do possível) para cada um de nós. E para depois queimar no fogo de Sagitário que nos convida à maestria de nós mesmos.  Lembram? Viveram isso?  Pois bem…

Então agora entramos em uma lunação do reino das águas, com Peixes e Câncer nos levando a fluir até uma nova harmonia e equilíbrio em Libra para depois, novamente, minguar com a concretude e firmeza capricorniana. Como isso tudo acontece? Pois vamos lá! 

Lua nova em Peixes: a transcendência

Tudo começa com a lua nova em Peixes,  a energia que compreende, que solta, que flui e que não tem controle – e, por isso, por esta entrega, simboliza tanto a transcendência. Peixes nos convida à fé no sentido de acreditar que  tudo que acontece no mundo e que está além de nós tem um motivo, que é para o nosso melhor. Aliás, este signo nos traz uma confiança extrema neste algo sutil e poderoso do mundo… naquilo que é extraordinário, ou fora da vida ordinária, do dia a dia, do comum. 

Em seguida, em meio a estas águas crescemos em Câncer junto com a virada do ano novo astrológico em 21/3.  Trazendo, ainda dentro da fluidez do reino aquoso, um outro aspecto desta mesma energia: as nossas emoções internas, o sentir! Junto com a virada do ano astrológico e a entrada do Sol em Áries, esta lua crescente nos convida a acolher o que sentimos, pois o fogo de Áries neste contexto nos fará sentir tudo com intensidade e não será possível  esconder essa verdade interna. 

 Lua cheia em libra: a coerência

O ápice da luz no céu acontece em Libra. Ufa! Um respiro que chega equilibrando um pouco nosso emocional e nossa fala. E que convida a beleza e a harmonia a habitarem em nós. Um pouco de ar, ponderação, equilíbrio e beleza. E, principalmente, um convite para relacionar o interno com o externo de forma mais coerente, balanceada. Pois estamos falando de libra, lembra?  É a coerência interna saindo para fora com a luz cheia da Lua no céu. 

Desse novo ponto de equilíbrio, minguamos em Capricórnio. Voltamos  à terra com clareza e direcionamento de tudo isso que foi sentido e harmonizado ao longo do ciclo. Capricórnio é terra sólida e firme e o convite para ações com clareza é o tom desse fechamento de ciclo.  

Fé é a palavra desta lunação

Em meio a tanto fluir que convida à entrega das águas para poder chegar ao final com a concretude da terra, a palavra e energia que rege nosso ritual e toda a lunação é fé. Fé para confiar em algo maior, para confiar que estamos sendo guiados,  para sentir e ser verdadeiro com nosso mundo interno.Fé que tudo vai se equilibrar. Fé para concretizar o que queremos e precisamos. E fé para o ano novo que chega.

Ritual de Lua Nova em Peixes  (13/3)

Nosso ritual será a consagração de um amuleto que vai nos acompanhar por todo o ciclo e nos ajudar a relembrar, a cada momento e sempre que precisarmos, dessa fé

Para isso você vai precisar:

  • Um objeto que seja especial para você. Pode ser um colar, pulseira, pedra.. Pode ser o que você quiser, só é importante que seja algo especial e que tenha um tamanho que você possa carregar consigo caso queira
  • Uma vela de qualquer cor
  • Se quiser: um incenso e uma música especial. 
  • Caso você queira trabalhar com um OE nesta lunação,  pode usar o Olíbano (Frankincense), uma planta que traz os códigos milenares da verdade divina. Você pode ter seu OE sempre com você (até mesmo fazendo o papel do amuleto) e pingar 1 gotinha na mão e respirar sempre que precisar se lembrar dessa força do Divino. 

Como fazer seu ritual de Lua Nova em Peixes

  1. Separe um tempo somente para você. Se conecte com o que é divino e, quando sentir que está pronto, acenda a vela pedindo guiança e proteção para o seu ritual. 
  1. Então, com a sua mão direita, segure seu objeto e repita, com muito amor e intenção de confiança, a frase abaixo*. Pois esta frase vai transformar este objeto em um amuleto. E que agora, a partir da sua escolha, pode estar sempre junto como um amigo para ajudar a lembrar da fé neste ciclo. 

*” Eu (diga seu nome) consagro este objeto a serviço da mais alta luz e do mais puro amor para que ele possa me relembrar, sempre que eu precisar, do poder do Divino e da virtude da Fé. E faço isso dentro da Justiça e da Ordem Divina.”

  1. Neste decreto, você pode inserir um tempo de duração deste objeto enquanto amuleto. Por exemplo: que consagra ele durante a lunação de peixes – e isso faz com que, ao final da lunação, ele não tenha mais esse papel de amuleto e volte a ser somente um objeto.
  2. Se você deixar o tempo em aberto e, em algum momento não quiser mais este amuleto, se precisar doar, jogar fora ou se desfazer dele por qualquer razão, é muito importante refazer este ritual com uma vela e a conexão com o Divino. Segurá-lo novamente na mão direita e dizer:

“Eu (diga seu nome) desconsagro este objeto como meu poder e conexão com o Divino. E tiro dele todo e qualquer poder anteriormente a mim dado em todos os tempos, espaços e dimensões. Assim, o faço a serviço da mais Alta Luz e do mais Puro Amor, dentro da Justiça e da Ordem Divina.

Leia também