Ritual de Lua Cheia em Gêmeos (30/11): Coração Leve e Alma Purificada

A conjuntura do céu nos mostra que o momento é de buscar leveza e alegria, nos preparando para os trânsitos lunares que virão a seguir; saiba como fazer seu banho
4 minutos de leitura
27.11.2020

Apertem os cintos pois até o final do ano o céu estará intenso e nos presenteando com muitas oportunidade de evoluir. Nesta lua cheia em Gêmeos (30/11),  estamos vivendo um eixo hermético de pólos: relações aparentemente opostas mas que trazem em si a essência de um mesmo eixo. Isso significa pendulações entre extremos e aspectos que aparentemente são antagônicos, mas que no fundo são apenas dois lados da mesma moeda. Como assim? 

É que a Lua Cheia de novembro acontece em Gêmeos durante um perído de Sol em Sagitário, e este encontro nos convida a olhar para nossa relação de profundidade versus superficialidade; sabedoria profunda sobre algo versus múltiplos conhecimentos. Gêmeos é a multiplicidade e abrangência. Sagitário o foco e nossas certezas. Entende?

Lua Cheia em Gêmeos: Leveza e profundidade

A pergunta que este eixo nos traz é: como o conhecimento superior dá sentido para a vida? Ele nos convida a organizar a nossa superficialidade e a escolher algo em que possamos nos a-pro-fun-dar! 

No paralelo deste encontro tem um outro eixo acontecendo no céu: Vênus em Escorpião e Urano em Touro, trazendo um potencial de pendulamento das nossas emoções oscilando  entre extremos de posse e liberdade. Mas lembra que o Sol está em Sagitário? Então… este outro pêndulo nos ensina que liberdade é a ESCOLHA do que queremos de fato fazer. 

É o tal do eixo, operando em um outro lugar e nos convidando a direcionar nossa intensidade com leveza e diversão (méritos de Sagitário), que nos ajuda a dar conta do recado. Tenhamos a Lua cheia com diversão e leveza, pois depois a lua mingua em Virgem (7/2) e, aí sim, vai ser hora de organizar a casa para poder criar raiz e nos preparar para o eclipse de lua nova (14/11).

Ritual de Lua Cheia em Gêmeos (30/11)

A premissa do nosso ritual é a conexão com o nosso Eu Superior feita com leveza. Para isso, nada melhor que um banho de rosas brancas, lavanda (ou alfazema) e alecrim para deixar o coração leve e as águas internas purificadas

Você vai precisar de

Lavanda ou alfazema
Ramo de alecrim fresco
Rosas brancas
2 litros de água
Vela branca
Música

Como fazer seu ritual de lua cheia em gêmeos

1. Em 2 litros de água fervente, coloque um ramo de alecrim fresco mais um punhado de lavanda ou alfazema. Deixe ferver por 3 minutos. Então, desligue o fogo e adicione de  6 a 12 pétalas de rosas brancas. 

2. Depois, abafe e coe. Você também pode adicionar mel. Ah, e as flores e ervas devem ser colocadas na terra ou em um vaso. 

3. Espere esfriar e, quando tomar seu banho, você pode acender uma vela branca e intencionar nela que todo seu ciclo seja leve e gentil. E que tenha o foco e a firmeza daquela 1 chama de vela que, com sua luz firme e dançarina, ilumina tudo a sua volta. 

4. Coloque uma música que você goste. Calma ou dançante, não importa; o que importa aqui é ela fazer você se sentir feliz.  Dançe, cante, sinta… Jogue-se na alegria de ser quem você é! 

5. Tome seu banho e, quando terminar, jogue o banho de rosas do pescoço para baixo e espere secar naturalmente. 

6. Peça às rosas que limpem suas emoções e seu coração e que tragam para sua vida prática a potência, a sutileza e a beleza da presença do seu Eu Superior. Sorria: você está sendo lindamente guiado pela potência da sua Alma!

Leia também