Incensos Poderosos para ter em Casa

Os incensos ajudam a ativar potenciais, trazer alegria e purificação e levam ao universo nossos desejos mais profundos

5 minutos de leitura

Os incensos são tão antigos quanto a necessidade humana de se ligar ao plano divino. Do latim incendere, que significa queimar, eles invocam a força de transmutação do fogo. Das cinzas brota o novo. E tudo pode recomeçar com mais clareza.

Já deu para intuir que aquela pausa no meio do dia para riscar o fósforo e acender a vareta perfumada é muito mais do que um capricho doméstico. Por isso, quanto mais conscientes estivermos nessa hora, melhor. 

Nesses instantes preciosos, temos a chance de firmar nossas intenções e deixar que elas se elevem junto com a tênue fumaça. Ato de fé. Entrega. Uma conversa com o mundo sutil. Ou, se preferir, alinhamento entre o que se passa dentro de nós e o que desejamos ver concretizado do lado de fora. 

Crie seu próprio ritual com os incensos

Não à toa, as mais distintas tradições espirituais conservam a prática da defumação. Para purificar corpo e alma, proteger a estrada, abrir possibilidades, apaziguar o espírito. Vem do íntimo o sussurro: hora de se recolher e se conectar.

A professora de yoga Selma Saavedra, do espaço Hrid Yoga, zela por seu ritual diário com incensos vindos da Índia. Aromas suaves, como sândalo e mel, são seus preferidos. Em casa, bem cedo, antes que os filhos acordem, vai até seu altar, onde reúne seus guias, e oferece a eles a honraria. 

Na sua escola, antes das aulas, ela também reverencia Ganesha – divindade que abre os caminhos – com uma defumação. Pronto. Agora pode entoar o mantra associado ao deus hindu com cabeça de elefante: Om Gam Ganapataye Namaha (“Om e saudações àquele que remove obstáculos do qual Gam é o som seminal”). “Parece que a meditação vai mais longe. O aroma ao redor, além de harmonizar o ambiente, favorece a profundidade da prática”, ela observa.

Do que são feitos os incensos

Os incensos, intermediários entre Terra e Céu, têm como base plantas, resinas, carvão vegetal e óleos essenciais. Sua queima representa, portanto, alquimia: a transformação da matéria (carvão e ervas) em espírito (aroma). E também a possibilidade de se aproximar do mundo vegetal e de suas propriedades terapêuticas.

Mas não basta o cheirinho agradável. As matérias-primas dos incensos precisam ser naturais, ou seja, livres de qualquer toxidade, já que os industrializados podem conter em sua composição substâncias cancerígenas como benzeno e formol. 

Em oficinas, como as promovidas pelas marcas Herbária e Hawa, você pode aprender a fazer incensos naturais, com ervas secas atadas por fios de algodão. Também existem no mercado versões confeccionadas com amido vegetal e madeira de reflorestamento. Opte pelos produtos cujas embalagens estampam: incenso artesanal 100% natural.

Cinco incensos para ter em casa

A seguir, nossas indicações de incensos naturais para se ter por perto. Recorra a eles sempre que quiser ativar seus potenciais inatos ou comunicar ao universo suas necessidades e anseios mais verdadeiros. 

Calma e Relaxamento: Se você está precisando desacelerar para dormir melhor, lembre-se da lavanda ou da alfazema. Essas delicadas plantinhas, tingidas de lilás, possuem propriedades calmantes e relaxantes. Seu aroma suave vai dissolvendo as defesas e permitindo que desativemos o estado de alerta exagerado.
{A marca Nirvana possui a versão Alfazema e Mel. Para que a doçura também tenha vez em sua vida.}

Purificação e Limpeza: Na cultura popular brasileira, a arruda é usada por religiosos e sacerdotes de diversas religiões em rituais de purificação e limpeza espiritual. É instrumento para se “benzer” ambientes, objetos e pessoas, aliviando a carga espiritual e emocional.
{O Incenso Arruda, da Inca Aromas, reforça a autodefesa, já que se combina com o breuzinho (breu-branco), cuja resina é extraída da casca da Almecegueira, árvore nativa da região amazônica, usada por culturas indígenas em cerimônias, rituais de cura e de purificação milenares.}

Vitalidade e Alegria: Ter disposição e ser capaz de sentir o sabor das coisas cotidianas. O incenso de alecrim pode nos ajudar a encontrar a chama vital dentro de nós. Por apresentar propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antibióticas, ainda auxilia no tratamento de dores crônicas.
{A Fênix Incensos tem em sua linha essa erva de aroma intenso, nativa da região mediterrânea.}

Foco e Estabilidade Mental: O incenso mais popular do mundo vem da Índia. É o Nag Champa, cuja matéria-prima central é a flor da árvore sagrada de Champac, originária das florestas do Nepal. Ele possui uma receita tradicional, mas cada templo e cada marca ao redor do mundo utilizam suas próprias técnicas. O principal benefício desse incenso, tão caro a todos aqueles que buscam centramento, é a estabilidade mental.
{A marca Ecletnica oferece a seguinte combinação de ervas aromáticas: flor de champa, sândalo-branco, raiz de cypriol, capim-vetiver e casca de jigat.}

Realização e Prosperidade: A pitanga, que na língua Tupi-guarani quer dizer “vermelho-rubro”, é uma frutinha potente. O incenso de pitanga acorda a confiança e a capacidade de realização. Aumenta o valor pessoal e a criatividade.
{A Cia de Aroma possui um incenso que une o óleo essencial de pitanga e o Floral de Bach Larch – essência floral que nos ajuda a avançar e a extrair o melhor da vida.} ▲

Inspiração

O que o YAM tem pra te dizer hoje?

Um oráculo. A seção Inspiracão propõe um jeito lúdico de revelar conhecimentos que estão presentes no nosso conteúdo. Foram selecionados pela nossa equipe e você vai descobrir aquele que tem a ver com você.

Surpreenda-se