Chás para seu Bem-estar

Mornas e reconfortantes, as infusões nos brindam com bem-estar e saúde e ainda acordam saberes ancestrais. Beba dessa fonte e saiba como montar sua farmacinha natural
6 minutos de leitura
15.05.2020

Chás são bons companheiros. Estão sempre por perto para nos amparar, como se soubessem do que mais precisamos em cada momento. E ainda acordam a lembrança preciosa das nossas avós nos dizendo: “Beba esse chazinho, vai te fazer bem”.

Havia tanta convicção nessa fala, não é? Não poderia ser diferente. A intimidade que nossas antepassadas tinham com plantas e ervas reflete um saber que veio de longe e se manteve vivo graças à oralidade. “É a medicina de terreiro, indígena, dos povos originários, passada de geração em geração”, afirma Flávia Barbosa, dona da Capins da Terra, marca de infusões naturais.

Sim, é preciso esclarecer. Chás e infusões são termos irmãos, mas não idênticos. Os primeiros são preparações feitas a partir da planta Camellia sinensis. Dentro dessa categoria temos os chás verde, branco, preto e oolongs. Os segundos são preparações que levam outras ervas, especiarias, flores e frutas. Cada qual com seus benefícios e sabores únicos.

Momento para escutar a si mesmo

Se soubermos olhar a cena com a devida sensibilidade, veremos que o preparo do chá é muito mais do que um procedimento mecânico que envolve aquecer a água, adicionar ervas e aguardar alguns minutos até a mistura ganhar cor. Trata-se, sim, de uma alquimia que, se bem aproveitada, proporciona instantes de introspecção e centramento. Aqueles quinze minutinhos do dia em que nada é mais importante do que esse carinho.

Aliás, para melhor se aproveitar as propriedades medicinais das plantas, é preciso refinar a sintonia com elas. Como? Escutando o corpo e as emoções para compreender como cercá-los dos cuidados certos. “A escuta atenta é consequência da conexão com nós mesmos. Por meio dela, conseguimos atender às nossas necessidades de forma natural”, afirma Flávia.

Nem toda infusão faz bem para todo mundo

É preciso também buscar conhecimento e informação para não prejudicar a saúde. Afinal, nem tudo o que vem da natureza é 100% seguro. Logo, não é toda planta que pode ser tomada por qualquer pessoa. Devemos ter cuidado.

“O primeiro deles é saber a procedência das ervas. Depois, ficar atento ao nome e sobrenome delas, para não confundir umas com as outras”, alerta a especialista em chás, fitoterapeuta e aromaterapeuta Sylvia Rodrigues, proprietária da Casa de Chás Teakettle, em São Paulo.

Para exemplificar a importância de sermos criteriosos, ela cita a infusão de capim santo ou erva cidreira, por exemplo, tão presente no nosso cotidiano. “Com a melhor das intenções, oferecemos a bebida a uma amiga. Porém, ela pode alterar a pressão arterial e não sabemos se a pessoa que vai tomá-la tem problemas relacionados à pressão”, pondera.

Como se beneficiar da cafeína dos chás

Já a presença da cafeína característica dos chás, como o preto, o verde, o branco e o oolong, é outro ponto a ser observado. Segundo Sylvia, estudos demonstram que, além de ser mais energizante, a cafeína do chá se distribui no organismo paulatinamente, proporcionando um bem-estar mais prolongado, ao passo que a cafeína do café gera um pico de euforia e depois cessa com rapidez.

“Ao acordar precisamos do nosso café da manhã e, durante o dia, para termos força, um chá é a bebida certa”, defende a especialista, que gosta de beber chá verde lá pelas 10 horas, depois de ter tomado seu café matutino, e chá preto à tarde.

Xícaras com 7 ervas para o preparo de chás para o bem estar

Dicas para se preparar uma boa infusão

O sachê trouxe praticidade, mas não é a melhor maneira de se fazer uma boa infusão. Para isso, as folhas devem estar soltas. “Dentro do sachê elas ficam apertadas. Para uma boa infusão, a hidratação dessas folhas deve ser homogênea”, ensina Sylvia Rodrigues. Veja, a seguir, outras dicas cruciais para um chá saboroso e cheio de saúde.

ÁGUA
_________
Deve apresentar boa qualidade e ser alcalina.

MISTURA DE ERVAS
_________
Devem ser feitas com discernimento. O ideal é não misturar muitas ervas em uma mesma infusão. Por isso, o caminho é priorizar a queixa principal ou a necessidade do momento.

TEMPERATURA
_________
Não deve ser muito alta, pois pode queimar as folhas de chá, principalmente se for o chá verde, cujas folhas são mais delicadas e não sofreram oxidação.

Ideal: cerca de 80°C.

Dica: ferva a água, desligue o fogo e espere 5 minutos antes de preparar a bebida.

TEMPO DE INFUSÃO
_________
3 a 5 minutos para flores e folhas; 10 minutos para caules e raízes. Assim, o sabor agradável é preservado, bem como as propriedades medicinais.

QUANTIDADE DIÁRIA
_________
2 a 4 xícaras. Fora das refeições.

Monte sua farmacinha de chás

Compartilhamos os principais chás e infusões para um bem-estar acessível a qualquer momento

xícara de chá de melissa

Melissa (Melissa officinalis)
tem efeito calmante, analgésico e antiespasmódico, por isso é ótima para aliviar cólicas.

xícara de chá de hortelã

Hortelã-pimenta (Mentha piperita)
picante e perfumada, combate a fadiga, alivia cólicas digestivas, reduz inflamações nos brônquios e congestões nasais.

xícara de chá de capim-limão

Capim-limão (Cymbopogon citratus)
analgésico e antirreumático, bom para tratar problemas gastrointestinais.

xícara de chá de puer

Puer ou Pu-ehr (Camellia sinensis)
compactado e envelhecido por pelo menos alguns anos antes de ser consumido, é o melhor digestivo que existe.

xícara de chá de lavanda

Lavanda (Lavandula angustifolia)
relaxante, melhora a função cardíaca e quadros de insônia, além de ser antisséptica, bactericida e cicatrizante. Indicada para distúrbios respiratórios.

xícara de chá de camomila

Camomila (Matricaria chamomilla)
anti-inflamatória, alivia dores, facilita a eliminação de gases e estimula o apetite.

xícara de chá de erva-doce

Erva-doce (Pimpinella anisum)
rica em vitamina C e potássio, ameniza gastrite nervosa, cólicas infantis e enxaqueca, além de purificar o hálito e reduzir o inchaço.

Inspiração

O que o YAM tem pra te dizer hoje?

Um oráculo. A seção Inspiracão propõe um jeito lúdico de revelar conhecimentos que estão presentes no nosso conteúdo. Foram selecionados pela nossa equipe e você vai descobrir aquele que tem a ver com você.

Surpreenda-se