O Outono nos Chama ao Recolhimento

Mudanças de hábitos nesta época do ano ajudam nosso corpo a passar pela transição entre as estações e ainda reforçam a imunidade e o bem-estar nos tempos atuais
5 minutos de leitura
10.04.2020

Com um pouco de olhar atento e auto-observação, é possível sentir e perceber que nosso organismo, por meio de sinais e até novas necessidades, também muda conforme as estações. A chegada do outono nos apresenta mudanças e a ayurveda explica isso muito bem, pois tem como base a integração do ser humano com os ciclos da natureza. 

“Nosso relógio biológico é conectado e influenciado pela natureza, cujas forças vão atuar em nosso sistema. De acordo com as estações do ano, naturalmente também precisamos reavaliar os nossos hábitos e  perceber como mudamos internamente. Faz parte de uma saúde equilibrada” afirma Gil Kehl, terapeuta ayurvédico.

Outono é época de transição

O outono é uma estação especialmente interessante de praticar novos hábitos, pois é uma época de transição, já que recupera nosso corpo do verão. Na estação mais quente, segundo Gil, “ocorre uma espécie de acúmulo de toxinas no sangue.”

É que no verão o calor corporal aumenta e, aos olhos da ayurveda, é como se precisássemos de menos lenha na fogueira. “Isso se traduz em uma menor necessidade na quantidade de alimentos, que ainda devem ser mais refrescantes”, diz.

No entanto, o contexto favorece o contrário: aqui no Brasil a estação sincroniza com o período de festas e o que temos é um excesso de comidas gordurosas e de ingestão de álcool.  “Isso acaba sobrecarregando o corpo. É comum as pessoas acumularem algum tipo de toxicidade no sangue durante esta época”, explica.

Por isso, entre o final do verão e começo do outono, Gil recomenda sucos depurativos, com folhas verdes, como hortelã, manjericão e coentro, água de coco, óleo de coco, além de pitadas de cúrcuma fresca e gengibre. 

Uma pausa. Um recolhimento

A chegada do outono, enfim, é um tempo de recolhimento. Que, curiosamente, acontece em meio à pandemia do coronavírus, impondo isolamento social e o, literalmente, recolher-se em casa.

“O frio faz com que o corpo comece a se fechar. Vata, o elemento ar, tende a agravar: tudo o que for mais quente, digestivo e hidratado facilita a nossa saúde”, observa Gil. E ressalta que, individualmente, faremos nossos ajustes particulares.  “Cada dosha deve seguir uma nova rotina, de preferência passar por uma dieta anti-ama, para liberar as toxinas acumuladas. Mas essas mudanças de hábitos gerais já ajudam bastante”, diz Gil.

Chá de manjericão é bom para estimular a digestão, já que o intestino pode ficar mais “preso” no Outono.
Chá de manjericão é bom para estimular a digestão, já que o intestino pode ficar mais “preso” nesta estação do ano.

Práticas e cuidados para você adotar no outono

O que você pode fazer nos seus hábitos e na alimentação para cuidar de si de forma mais gentil e saudável nessa estação do ano

Priorize especiarias que apaziguam o elemento ar. Louro, cominho e erva-doce são bons exemplos. Canela e  gengibre também entram nessa lista.

Evite os alimentos crus. Deixe de lado os pratos de saladas de folhas, excesso de frutas geladas e priorize os cozidos. Até as frutas devem ser cozidas.

Inclua água morna ou chá. No desjejum, mantenha a rotina de beber água morna ou um chá digestivo, de erva-doce, por exemplo. Chá de manjericão é bom para estimular a digestão, já que o intestino pode ficar mais “preso” nesta fase.

Hidrate suas narinas.  O tempo seco se faz presente e pode causar irritação nas mucosas. Por isso, o terapeuta indica pingar uma gota de óleo morno  de gergelim ou amêndoas nas narinas para purificá-las.

Ajuste a alimentação conforme o frio chega. Vale apostar em mingaus de aveia com leite de amêndoas e tâmaras, além de alimentos mais nutritivos, como inhame cozido com ghee ou azeite; pastinhas de tahine e castanhas, de preferência hidratadas.

Passe óleo no corpo. A oleação, um hábito diário para quem segue a ayurveda, também deve ser reforçada pela manhã.

Cuide do estado mental. Para evitar a ansiedade típica de quem não consegue interiorizar e desacelerar na sincronia do outono, Gil indica tomar um banho quente e fazer escalda-pés à noite. Manjericão, por exemplo, é uma ótima erva para este ritual.

Inspiração

O que o YAM tem pra te dizer hoje?

Um oráculo. A seção Inspiracão propõe um jeito lúdico de revelar conhecimentos que estão presentes no nosso conteúdo. Foram selecionados pela nossa equipe e você vai descobrir aquele que tem a ver com você.

Surpreenda-se