Dinacharya: a Rotina Diária do Ayurveda

Esse conjunto de práticas melhora o cuidado com o nosso corpo e faz o dia (e a vida) ser mais saudável e equilibrado
7 minutos de leitura
20.01.2020

O segredo do equilíbrio e as saúde plena está na rotina, acredita a ayurveda – um milenar sistema de medicina indiano. Mas não se trata daquela rotina como conhecemos no ocidente: rígida, chata, associada ao tédio e à inflexibilidade. Aqui, nos referimos a um conjunto de hábitos que respeitam ritmos e ciclos – os nossos e os da natureza. É uma rotina para uma vida mais saudável.

Pois na ayurveda essa rotina de equilíbrio tem nome: dinacharya. São práticas que começam ainda na cama, com o nascer do sol, e terminam ao anoitecer. Pedem gentileza nas ações, escolhas naturais e audição aguçada para os sinais do próprio corpo.

“É o cultivo de uma rotina saudável que aproxima a pessoa do  florescimento do seu potencial. Portanto, pode ser diferente para cada pessoa, em cada fase do ano, da vida, da estação…”, explica o terapeuta Andreas Bruno, do Saúde Elementar.

A vida moderna, no entanto, tem nos levado ao princípio oposto. “Horários inadequados para dormir, acordar e comer, entre outras práticas comuns hoje em dia, são gatilhos para uma série de doenças crônicas não-transmissíveis que tem a ver com escolhas diárias”, completa a nutricionista e terapeuta ayurvédica Laura Pires, professora do curso Ayurveda: Ciência da Vida, Alimento para a Alma.


Uma rotina saudável respeita nossos ciclos 

“Há uma relação entre nossos hábitos diários e nossa saúde a longo prazo. E isso inclui o horário de acordar ou dormir a pequenos rituais de higiene pessoal”, explica Laura.  

Por isso, os procedimentos propostos na rotina ajudam a regularizar o nosso ciclo biológico. E isso também é tema de interesse para a ciência moderna, que vem estudando os ciclos do dia a da noite e a secreção dos hormônios – como a melatonina, o cortisol – por exemplo, por meio da cronobiologia.

Um dinacharya completo leva em conta horários indicados para cada hábito, alimentação, cuidado que integrem corpo e mente, além de escolhas éticas e morais. Segundo os terapeutas, o importante, então, é começar e adaptá-lo à realidade e contexto em que se vive.


Comece uma rotina saudável aos poucos

Apesar de a Índia ser o berço da ayurveda, os ensinamentos se espalharam pelo mundo. A ideia é a de que uma vida saudável, baseada em ações naturais, seja para todos. “O desafio é que nem todo mundo está disposto a aderir”, afirma Laura. 

Por isso, não há uma determinação obrigatória para que todas as práticas do dinacharya sejam adotados de uma só vez. Aliás, sugerem os terapeutas, é importante que estes hábitos, enquanto procedimentos, sejam inseridos aos poucos.  O importante é começar.


Pitadas para uma rotina diária ayurvédica

A seguir, algumas práticas essenciais que você pode experimentar incorporando pouco a pouco aos seus dias. Aliás, lembre-se, sempre, de ser gentil consigo e com seu processo

Ritualize o despertar. O ideal é acordar com o nascer do sol, pois ele possibilita que nossas células e hormônios despertem com mais vitalidade e naturalidade.

Elimine toxinas. Isso inclui, assim que acordar, fazer xixi e, se possível, evacuar. Raspar a língua antes de escovar os dentes também se faz importante porque acumulamos toxinas ao longo da noite. 

No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, limpar a língua ajuda a eliminar toxicinas.
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, limpar a língua ajuda a eliminar toxicinas. Você pode usar um raspador de língua ou uma colher.
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, limpar a língua ajuda a eliminar toxicinas. Faça movimentos de tras para frente da língua até limpar bem.
Raspar a língua diariamente, pela manhã, ajuda a eliminar toxinas e pode ser feita com um raspador específico ou uma colher

Faça um desjejum gentil. Comece bebendo meio copo de água morna. Pois isso ativa o agni, o fogo digestivo, a capacidade de digestão no ayurveda. “Se quiser, inclua gotas de limão e aguarde ao menos 15 minutos até tomar o café da manhã”, explica o terapeuta Andreas Bruno

Tome um banho (com calma). Ele desperta e ativa a mente e os sentidos. 

Faça uma oleação. Uma automassagem corporal com óleo vegetal, ainda que bem simples, traz uma nutrição muito importante ao corpo. 

No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
No dinacharya, rotina de bem-estar do ayurveda, fazer uma oleação ajuda a pacificar seu dosha. Você pode priorizar cabeça, orelhas e pés nos dias em que não tiver tempo para uma oleação completa
A oleação ajuda a nutrir os tecidos e a pacificar o seu dosha, por exemplo, além de outros tantos benefícios. Quando não há tempo suficiente para uma oleação completa, priorizar a cabeça, a orelha e os pés já traz bons resultados

Medite. Pois a higiene mental, concentração e relaxamento vão ajudar você a seguir bem durante o dia. 

Mexa-se. O período da manhã é um bom momento para se exercitar de acordo com seu dosha e ritmo. Caminhadas e yoga são ótimas opções pela manhã.

Alimente-se bem. Café da manhã e almoço, por exemplo, são refeições principais e, antes de qualquer regra, você deve levar em conta um critério: comida de verdade. E guie suas alimentação pelos alimentos da época.

Cuide do sono. “O ideal é ir para a cama entre 21 e 22 horas, um desafio nesses tempos, mas muito importante para a manutenção do equilíbrio”, alerta Laura Pires. Vale desligar o celular meia hora antes de se deitar.

Inspiração

O que o YAM tem pra te dizer hoje?

Um oráculo. A seção Inspiracão propõe um jeito lúdico de revelar conhecimentos que estão presentes no nosso conteúdo. Foram selecionados pela nossa equipe e você vai descobrir aquele que tem a ver com você.

Surpreenda-se