O Detox das Cinco Peles

Segundo o arquiteto austríaco Hundertwasser, além da nossa pele, há também a roupa, a casa, a identidade e a Terra. Veja como seguir esse "skincare" ecossistêmico
10 minutos de leitura
05.04.2021

Você tem uma rotina de skincare? A julgar pela quantidade de tutoriais ensinando longos métodos para obter a pele perfeita, fica parecendo que se você não faz isso, não participa da sociedade, não é? Eu, que nunca consegui manter uma rotina de skincare, agora me coloco a escrever uma. Só que essa será diferente, porque não importa a ordem dos passos, horários, regras. Pois quanto mais caótica e espiralada, melhor. Isso porque ela é uma skincare coletiva, ecológica, inspirada no que aprendi com o conceito das Cinco Peles de Hundertwasser. 

As Cinco Peles de Hundertwasser

Talvez você já conheça esse nome como o arquiteto austríaco que era contra linhas retas. Ele de fato era. Dizia que “a linha reta leva a humanidade à sua ruína”. Suas casas e prédios tinham formas arredondadas, orgânicas. Sua repulsa pelo linear dizia muito sobre sua fixação pelas dinâmicas naturais. Eram as árvores, a água e toda a dinâmica da natureza, as mestras de sua obra. 

Alvo de críticas desde os anos 1960 até o final de sua vida, os projetos de Hundertwasser incluíam desde telhados verdes a banheiros secos. Mas talvez hoje, ele figurasse na lista dos mais influentes jovens do universo da arquitetura sustentável. Para além disso tudo, Friedensreich era um filósofo da práxis da ecologia profunda e por meio de suas obras convidava a humanidade a ir além. “Para mim, o mais importante não é nem a construção nem as paredes, mas sim as janelas, por trás das quais vive gente. A casa é feita de janelas, (…) elas são a ponte entre o interior e o exterior. Assim como os poros perfuram a epiderme, as janelas atravessam a pele do edifício”, escreveu.

Tutorial de skincare ecossistêmico

Uma das contribuições mais conhecidas de Hundertwasser foi sua teoria das cinco peles. Segundo ele, um indivíduo não está íntegro se lhe falta alguma delas. Então, a seguir, apresento a vocês o conceito central de cada pele segundo Hundertwasser, seguido de sugestões de práticas para você cuidar delas. Vem comigo!

O Detox das Cinco Peles

1. Pele epiderme: 

A primeira das cinco peles de Hundertwasser é o mais extenso órgão do nosso corpo: nossa própria pele. Ela abriga nossos órgãos, mas também nossos pensamentos, sensações, memórias e criatividade!

Sugestões de cuidados

Bem, aqui não tem segredo. Pois nosso estado de espírito e o que a gente come são chaves para uma epiderme feliz! Na verdade, todo o corpo físico e emocional responde a esses cuidados. Os primeiros bálsamos do nosso tutorial ecológico são meditar, cantar, dançar e escolher alimentos sem veneno! E, ao falar em comida, podemos pensar também que a própria epiderme se nutre dos cosméticos que usamos sobre ela.

Por isso, para começar esse detox, deixe de colocar petrolatos em forma de produtos milagrosos para dentro do seu corpo. Deixo aqui uma receitinha campeã de praticidade que aprendi no Guia Prático “Como Fazer Cosméticos Naturais”, publicado pelo YAM em parceria com a Cosmetologia do Bem. Desodorante Líquido: Adicione 22 gotas de óleo essencial de melaleuca a 100 mL de leite de magnésia. Agite para misturar e coloque em um frasco de spray ou reutilize uma embalagem roll-on para facilitar o uso.

2. Pele roupa

A segunda pele proposta é um protesto contra a massificação estética gerada pelas tendências da moda. A Pele Roupa, segundo Hundertwasser, deve abrigar nosso corpo e expressar a beleza e a singularidade de cada um. Serve, antes de tudo, para acolher nosso corpo do jeito que ele é. Por dentro e por fora!

Sugestões de cuidados

Para honrar o autor das 5 peles, a chave do cuidado é a criatividade!  Já experimentou fazer suas próprias roupas transformando outras peças abandonadas em seu armário?  Aliás, segundo a estilista Gabi Mazepa do Projeto Re-Roupa,  “o que chamam de upcycling é gambiarra. E, no Brasil, a gente é muito bom nisso”.

O Pinterest está cheio de inspirações, mas se você prefere não colocar a mão na massa, pode simplesmente trocar roupas com amigos ou em um evento como os que o Projeto Gaveta organiza desde 2013 – e que ganhou edições online em 2020. Como diz sua co-fundadora Giovanna Nader: “É a sensação de renovação de energia, sem ter que consumir”. Inclusive, Giovanna é professora no curso YAM: Consumo Consciente e Moda Sustentável, com muito conteúdo sobre o tema.

E o mais importante no skincare ecológico da segunda roupa é compreender que podemos nos expressar de formas que extrapolam a necessidade imposta pela indústria de um consumo efêmero. Pertencimento também se cria!

O Detox das Cinco Peles

3. Pele Casa

O espaço da vida privada. Um casulo que abriga, mas também expressa a individualidade das pessoas que o habitam. Pois esse é o conceito básico da terceira pele de Hundertwasser. Tem a mesma lógica da segunda pele, mas amplia a abrangência e insere o convívio entre as pessoas nessa equação. Arquiteto que era, ele defendia que todos deveriam ter o “direito à janela” para um contato saudável e permeável para o mundo exterior. Ou ainda, trazer o externo para dentro com o que chamou de “árvore inquilina”. De acordo com o seu princípio, a casa deve estar em harmonia com a natureza, para que haja uma arquitetura mais humana. Isso demonstra o quanto ele enxergava a necessidade de reconectar pessoas aos ecossistemas.

Sugestões de cuidados

Mas será que uma casa poderia gerar impactos positivos ao invés de negativos? O skincare da Pele Casa abrange todos os seus “órgãos”: cozinha, banheiro, lavanderia e os demais! Bem, esse equilíbrio passa por uma rotina detox que envolve, basicamente, o seguinte: 

  • Eliminar desperdícios de energia, água, alimentos, embalagens
  • Compostar sobras de alimentos 
  • Separar e encaminhar seus recicláveis
  • Usar produtos de limpeza biodegradáveis
  • Gerar energia limpa por meio do sol ou do biogás do esgoto
  • Reinserir seus dejetos nos ciclos naturais
  • Aproveitar a água da chuva

Se essa lista parece longa, vamos de empurrãozinho inicial! Uma forma fácil e deliciosa de incluir algo ecológico no dia-a-dia da sua casa é fazer seu próprio multiuso biodegradável. Para isso, comece a guardar cascas de limão e laranja em um vidro com álcool 70º até a metade, cuidando para que as cascas sempre fiquem submersas. Então, se as cascas ultrapassarem o álcool, complete com água. Depois que  estiver cheio, espere mais sete a dez dias e pronto! Coe a mistura e coloque seu multiuso em um borrifador e use-o para limpar superfícies, desinfetar vasos sanitários e até desengordurar o fogão!

O Detox das Cinco Peles

4. Pele Identidade 

Um filósofo não poderia deixar a dimensão social de lado. A quarta pele de Hundertwasser abriga nosso espaço de convívio: o coletivo, o bairro, a cidade onde manifestamos nossa identidade cultural. Ele colocava a liberdade de expressão no centro do conceito dessa pele. É sobre buscar um meio sociocultural saudável o suficiente que nos permita sermos livres para ser quem realmente somos. Tão redundante quanto importante!

Sugestões de cuidados

Para cuidar da Pele Identidade, trago um dos movimentos ecológico-sociais que tem revolucionado o mundo. Conhecido como Local Futures, sua ideia é retomarmos o poder sobre a economia de onde vivemos. Isso porque a Globalização como princípio econômico já entregou para o mundo uma vida de grandes desperdícios, alta emissão de carbono e que produz desigualdades sociais ao invés de reduzi-las. Nada disso nos fez ou nos faz mais felizes.

Para participar da “Localização”, como temos chamado esse movimento no Brasil, basta olhar ao redor e entender o que pode ser consumido ou produzido localmente. Produções artesanais e agroecológicas trazem consigo uma gama de impactos positivos. Como resultado, é possível que você se apaixone pelo seu bairro ou região. Irá criar laços, fazer o dinheiro circular entre pequenos produtores e, de quebra, tem a chance de trazer mais saúde para a sua primeira pele, a do corpo! Para ajudar nessa missão, a plataforma Faz a Feira traz um buscador de agricultores nas suas redondezas.

5. Pele Terra

Enfim a quinta das cinco peles de Hundertwasser! A Pele Terra é a nossa pele ecossistêmica que abriga toda a vida em suas múltiplas formas. E, segundo ele mesmo, é fonte da harmonia universal. A noção de ecologia profunda de Hundertwasser era vanguardista para o tempo em que viveu. Naquele tempo, eram poucos os que questionavam o paradigma da separação entre homem e natureza. Aliás, para ele, a conexão primordial entre a vida humana e seu ecossistema aconteceria principalmente por via dos nossos dejetos. Ele dava igual ou ainda maior importância aos banheiros públicos em relação a outros projetos, veja só. Gostava de envolver toda a comunidade desde sua concepção. Ele descreveu essa relação em um longo poema de protesto chamado “Sacred Shit” – ou a merda sagrada, no qual enaltece a possibilidade de honrarmos a vida, por meio da transformação de nossas fezes em adubo: 

“Por que tememos a morte?
Aquele que usa banheiro de húmus
não tem medo da morte
porque nossa merda torna a vida futura
torna o nosso renascimento possível”

Sugestões de cuidados

Seria negligência minha não recomendar a compostagem como forma de ritualizar a sua conexão com a vida, né?! Você pode começar com seus resíduos orgânicos de casa (Ensino tudo aqui no Curso do Yam), participar de compostagens comunitárias e, quem sabe, até construir seu próprio banheiro seco. A iniciativa Sana constrói banheiros compostáveis para mulheres que não têm banheiro em casa. No site, é possível participar e apoiar essa iniciativa de várias maneiras. 

O Detox das Cinco Peles

Interconectados pelas 5 peles

“Você é um convidado da Natureza. Comporte-se.”
Hundertwasser

As Cinco Peles de Hundertwasser mostram o quanto estamos plugados, entrelaçados uns aos outros – humanos ou não humanos. Respiramos todos o mesmo ar. A água que há hoje é a mesma que foi um dia o berço para os primeiros pulsos bacterianos de vida no planeta há milhões de anos. 

São cinco peles permeáveis entre si, espiraladas, que se atravessam e nos inspiram a compreender o alcance de nossos corpos interconectados, para além do nosso umbigo – ou melhor, da epiderme. 

Agora, o desafio será gravar o vídeo-tutorial dessa rotina detox, tonificadora e hidratante da existência. Talvez o limite de 30 segundos de um Reels não seja suficiente. Se precisar, use outra plataforma. Use tempo de uma vida inteira! 

Leia também