Mini Guia do Carnaval Consciente

Dá para reduzir o impacto ambiental gerado nos dias de folia e comemorar de um jeito mais ecológico – e sem perder a alegria
6 minutos de leitura

Carnaval é tempo de excessos. De festas, bebida, comida, diversão… Compramos acessórios que seguem modismos da temporada, diversas fantasias, adereços e muito glitter – o símbolo máximo da festa e vilão dos mares. Vamos aos bloquinhos e ocupamos locais públicos bebendo, comendo e descartando as embalagens nas ruas, praias e avenidas, fazendo delas grandes lixeiras a céu aberto.

Em algumas cidades, urinar em local público ou descartar lixo no chão gera multa. Mas a mudança, como sabemos, precisa partir de dentro, com uma motivação individual e genuína. Talvez por isso, mesmo a crise climática sendo pauta central nos últimos anos, os números são de deixar o povo mais carnavalesco do mundo constrangido. Berço da folia, Rio de Janeiro, por exemplo, costuma gerar mais de 400 toneladas de lixo nos cinco dias de festa – tomara que este ano o número mude.

Mas se o Carnaval é sinônimo de diversão, atitudes sustentáveis não precisam ser antônimos. Divertir-se sem desperdiçar recursos ou poluir o planeta é a maior graça. Listamos atitudes simples para co-criar um carnaval consciente e cheio de alegria.

Prefira bebidas na latinha

Bebidas – alcóolicas ou não-alcoólicas – devem ser o produto de maior consumo em cinco dias de folia. Quando falamos de bebida, latinhas e garrafas competem diretamente. É aí que entra um mito: a romantização do vidro como embalagem mais sustentável do que as demais. Tudo depende do contexto e, quando se trata de Carnaval, a mensagem consciente é direta: vá de lata. Isso porque o Brasil recicla mais de 90%  das latas produzidas, enquanto o número das garrafas de vidro não chega a 50%. É que o alumínio é mais leve e mais rentável para os catadores em comparação às garrafinhas. 

Repense a sua fantasia

A moda é uma das indústrias mais poluentes do mundo. Além da questão da matéria-prima, há ainda o excesso de consumo, ou seja, peças compradas por modismos que logo serão descartadas. Adquirir fantasias novas a cada Carnaval reforça o problema.  Por mais irresistível que seja, troque as fantasias da moda (inspiradas em filmes, novelas e personagens que serão esquecidos no ano que vem) pelas atemporais e que não sairão de moda. Assim, você guarda, troca, vende… Premissa do slow fashion, a ideia é reutilizar o que você já tem. Use a criatividade para transformar roupas e acessórios comuns em visual de folião para um carnaval consciente. 

Escolha glitter biodegradável

Se o glitter é símbolo máximo da folia, ele leva nota zero no quesito ecologia. E não é à toa:  na remoção dessas microesferas de plástico, elas saem pelo ralo e não se decompõem (nunca!), causando desequilíbrio na vida marinha. A boa notícia é que várias marcas nacionais criaram versões biodegradáveis e cruelty-free, sem perder o encanto e o brilho. E outra opção é simplesmente usar a criatividade e montar um visual com maquiagem colorida. Afinal, o Carnaval existe há muito mais tempo que o glitter e nunca foi sem-graça pela falta dele.

Monte seu kit sustentável

Água é item fundamental para manter a hidratação em dia no alto verão. Para evitar garrafas plásticas, leve uma garrafinha de casa. Pensando nas outras bebidas consumidas na rua, vale levar de casa um copinho de material resistente. Os de silicone são ótimos, pois não pesam, não quebram e podem até ser pendurados na roupa ou na alça de bolsas. Para deixar seu carnaval consciente, providencie, também, um ou dois guardanapos de pano e evite os descartáveis.

Faça sua serpentina natural

Ainda que tenhamos confetes e serpentinas de papel reciclado, uma ideia natural e criativa é usar um furador de papel para moldar confetes de folhas velhas, caídas do chão. Nada mais sustentável que reaproveitar o que a natureza nos dá.

Desligue aparelhos das tomadas

Se vai viajar por um longo período,  tire da tomada os aparelhos elétricos e eletrônicos, como micro-ondas e televisão, para economizar energia.  Segundo o Instituto Akatu, o modo “stand by” – acionado quando o aparelho está desligado, mas conectado à rede elétrica pela tomada – faz com que o aparelho continue consumindo energia, podendo chegar até 25% do que consumiria se o equipamento estivesse ligado.

Divida a carona

Vai sair para os bloquinhos de rua? Troque o carro pelo transporte público ou divida carona com amigos – além de mais ecológico, ainda gera menos estresse procurando lugar para estacionar. Ande mais a pé e aproveite o Carnaval para redescobrir a cidade.

Cuide do seu lixo

Nada mais desanimador que ver o estado da cidade depois que a folia acaba. Não têm graça nenhuma perceber quanto lixo ficou pelas ruas. Cada um pode cuidar de descartar os seus em lixeiras espalhadas pela cidade, ou em estabelecimentos que encontrar pelo caminho. Levar uma ecobag para guardar temporariamente o seu lixo até o descarte mais adequado também pode funcionar. Que tal experimentar um carnaval mais consciente?

Encontre sua tribo sustentável

Se você ainda não decidiu o destino do feriado, procure por viagens ecológicas ou retiros em meio à natureza. É uma boa oportunidade para conhecer outros entusiastas do consumo consciente. Se a ideia é curtir bloquinhos de rua, procure pelos que já tenham valores de sustentabilidade. Um exemplo de carnaval consciente é o FrancisKryshna, dedicado a São Francisco de Assis e ao deus hindu do amor. Por lá, têm músicas brasileiras com mensagens positivas, mantras batucados e canções autorais dos músicos da banda, além da bateria se encarregar de limpar a praça rio de Campos, de onde o bloco sai sempre na manhã do sábado após o Carnaval. Também fazem piquenique coletivo e vegetariano, providenciam banheiro público seco e fazem parcerias com cooperativas que cuidam do lixo gerado com a folia, enviando para a compostagem ou reciclagem. Em 2018, foram só 4% de rejeitos. Muita inspiração! ▲

Inspiração

O que o YAM tem pra te dizer hoje?

Um oráculo. A seção Inspiracão propõe um jeito lúdico de revelar conhecimentos que estão presentes no nosso conteúdo. Foram selecionados pela nossa equipe e você vai descobrir aquele que tem a ver com você.

Surpreenda-se